Busca

Vatican News
Irmã Rosa Antónia da Cruz, da Congregação do Amor de Deus. Faleceu a 20/2/21,  na ilha de São Nicolau. Irmã Rosa Antónia da Cruz, da Congregação do Amor de Deus. Faleceu a 20/2/21, na ilha de São Nicolau.  

Congregação das Irmãs do Amor de Deus em Cabo Verde está de luto

Faleceu no sábado, 20 de Fevereiro, a Irmã Rosa Antónia da Cruz, mais conhecida por Irmã Purificação, ou Irmã “Djodja”. Estava a caminhar para os 91 anos de idade.

Dulce Araújo (com Rádio Nova de Maria)

A irmã Djodja nascera em Ribeira dos Calhaus, ilha de São Nicolau, a 15 de Agosto de 1930 e foi a enterrar, domingo, 21, no cemitério de Tabuga, em Ribeira Brava, cidade principal da sua ilha. As comunidades religiosas estão tristes pela sua morte, mas também felizes pela sua grande fé - disse à Rádio Nova de Maria, a Irmã Leandra Santos, Superiora da Congregação em Cabo Verde:

Oiça

A Irmã Purificação que faleceu no Hospital de São Nicolau, era a mais velha na Congregação a residir em Cabo Verde.  Foi uma religiosa verdadeiramente do Amor de Deus, voltada para a ajuda aos outros.

Oiça

A filha espiritual de Jerónimo Usera tinha, de facto, um carinho especial pelos desfavorecidos. Uma das suas ações marcantes foi a constante procura de benfeitores dispostos a custear as propinas de jovens desejosos de fazer estudos secundários e universitários.

Na homenagem fúnebre foi lido um pequeno texto que ela própria escrevera e onde pediu que as pessoas não tivessem medo de Deus. A superiora da Congregação evoca alguns legados dela.

Oiça

A Irmã Djodja foi uma das primeiras caboverdianas a entrar na Congregação das Religiosas do Amor de Deus, onde fez a sua 1ª profissão a 16 de Fevereiro de 1952, tendo-se dedicado de corpo e alma à missão que abraçou ainda jovem. Para além de ser professora primária, dedicou a vida à evangelização, à formação e educação segundo o carisma da Congregação.

Foi missionária na região da Zambézia, em Moçambique (1952/1973); em Portugal (1973/74) e em Cabo Verde (1974/2021).

Integrou, em 1975, o primeiro curso de estudantes de enfermagem na ilha de São Vicente, onde trabalhou alguns anos. Ela é recordada nessa ilha pelo carinho e abnegação com que exercia a sua profissão. Sempre disponível para ajudar a curar o corpo e para apaziguar o espírito. Uma vida vivida a cuidar do outro.

A Congregação das Irmãs do Amor de Deus está presente em Cabo Verde desde 1943. 

 

 

23 fevereiro 2021, 12:52