Busca

Vatican News
Welket Bungué - Actor e realizador cinematográfico, originário da Guiné-Bissau Welket Bungué - Actor e realizador cinematográfico, originário da Guiné-Bissau 

O cinema, um reduto de resistência para a Guiné-Bissau

O actor e realizador guineense, Welket Bungué, foi um dos principais protagonistas na primeira edição do “Bissau Filme Meeting”, realizado na sexta-feira (15/1) em Bissau. Ele considera que o cinema pode constituir um reduto para a resistência, autodeterminação e empoderamento na actual Guiné-Bissau, chamada a dar continuidade à revolução cultural de que falava Amílcar Cabral.

Dulce Araújo – Cidade do Vaticano

Teve lugar sexta-feira, 15, na capital guineense, a primeira edição do “Bissau Filme Meeting”, organizado pela promotora cultural “KalmaSoul Guiné-Bissau” e pelo Centro Cultural Brasileiro, em Bissau. Foi nos locais deste último que decorreu o evento.

Os participantes puderam assistir à projecção de seis filmes, quatro do actor e realizador guineense, Welket Bungué, e os restantes de duas realizadoras convidadas: “Tradição e Imaginação” de Vanessa Fernandes, nascida em Bissau e residente em Portugal; e “Regulado” de Filipa César, cineasta portuguesa residente em Berlim e que faz pesquisas sobre cinema e Movimento de Libertação na Guiné-Bissau…

Durante o encontro foi estreado o mais recente filme de Welket Bungué, “Cacheu Cuntum” sobre questões relacionadas com a memória da escravatura e a Guiné-Bissau de hoje.

Contactado telefonicamente em Bissau, este actor e realizador já com um percurso significativo nestes dois ramos de actividade cinematográfica, falou das razões por que faz cinema, dos sonhos que tem para com a Guiné-Bissau neste domínio e manifestou gratidão pela forma como a sua arte foi acolhida neste primeiro “Bissau Filme Meeting” que o deixou satisfeito:

Oiça

Nascido na Guiné-Bissau em  1988, Welket Bungué cresceu em Portugal, onde se licenciou em teatro. Estudou também no Brasil e vive actualmente em Berlim. Trabalha nas artes cénicas há mais de uma década e já participou em diversos filmes, séries televisivas e peças teatrais.  É vencedor de alguns galardões, entre os quais o "Cavalo de Bronze" prémio de melhor actor principal pela sua interpretação no filme “Berlin Alexanderpiatz”, de Burhan Qurbani, em 2020. 

19 janeiro 2021, 15:01