Busca

Vatican News
Moçambique - Dom  Luiz Fernado  Lisboa - Bispo de Pemba Moçambique - Dom Luiz Fernado Lisboa - Bispo de Pemba 

A Província de Cabo Delgado não aguenta mais – Bispo de Pemba

Na Província de Cabo Delgado, Norte de Moçambique, os mais recentes ataques terroristas destruíram completamente a Missão do Sagrado Coração de Jesus, na aldeia de Nangololo. O sofrimento do povo é grande, não se aguenta mais – denuncia mais uma vez o Bispo de Pemba.

Dulce Araújo - Cidade do Vaticano 

Dom Luiz Fernando Lisboa não se cansa de denunciar a triste situação que, desde 2017, se vive em Cabo Delgado, devido ao terrorismo. Sempre ao lado do seu povo, o Bispo de Pemba explica que a vida nos últimos três anos na Diocese tem sido em função desse conflito e do grande número de deslocados que tem provocado.

Em entrevista ao jornalista Henrique Cunha da emissora portuguesa, Rádio Renascença, D. Luiz relata o estado de destruição em que a Missão de Mangololo, a segunda mais antiga da Diocese de Pemba, ficou, depois dos últimos ataques: Igreja, casa dos padres, casa das irmãs, Rádio comunitária, escolas, centro de formação, tudo ficou destruído.  E as pessoas fugiram. Esse ataque – segundo fontes missionárias - tiveram lugar durante 20 dias de ocupação do Distrito de Muidumbe que decorreu de 30 de Outubro a 19 do corrente mês de Novembro.

Na entrevista à Radio Renascença, D. Luiz considera que o Governo central de Moçambique tem feito o possível por reforçar a segurança em Cabo Delgado e agora com o anúncio de que vai ser ajudado pela Comunidade Internacional (UE e forças daquela região africana) as coisas deveriam melhorar.

D. Luiz afirma ainda que esses ataques não são dirigidos particularmente a cristãos, mas que afectam cristãos e muçulmanos, embora na zona de Muidumbe haja muitos cristãos.

Oiça
27 novembro 2020, 14:04