Busca

Vatican News
D. Pio Hipunyati, Bispo de Ondjiva, em Angola D. Pio Hipunyati, Bispo de Ondjiva, em Angola 

Angola. Bispo de Ondjiva destaca crescimento da diocese nos 45 anos de existência

O Bispo de Ondjiva/Angola, D. Pio Hipunyati, destaca crescimento e a maturidade da diocese, criada há 45 anos.

Anastácio Sasembele – Luanda, Angola

Localizada no sul de Angola, e abarcando a totalidade da província do Cunene, a população da diocese de Ondjiva é composta por inúmeras origens étnicas, e prepara-se para celebrar no próximo dia 10 de agosto 45 anos de existência.

D. Pio Hipunyati, actual bispo da diocese, entrevistado no âmbito das celebrações dos 50 anos da província do Cunene assinalados, nesta quinta-feira (23/07), disse que com o desmembramento da província do Cunene à província da Huila, a diocese de Ondjiva atingiu um grau de desenvolvimento e maturidade, por isso adquiriu o direito de se tornar autónoma, dentro da organização constitucional da Igreja Católica.

Oiça aqui a reportagem e partilhe

“Ao longo dos mais de quarenta anos a igreja desenvolveu escolas, centros de saúde, centros caquécticos, mas infelizmente o alcance da independência não foi nos moldes que desejávamos … o País mergulhou na guerra fratricida que deitou por terra todo o trabalho desenvolvido na altura”, recordou o prelado.

Hoje com o advento da paz a diocese de Ondjiva trilha novos rumos e desafios e os resultados, passados 45 anos, estão à vista, afirmou D. Hipunyati que destacou o crescimento no número de sacerdotes seculares que actualmente chegam aos 43, destes seis encontram-se fora da diocese em serviço missionário, em Luanda/Angola, Namíbia e Peru e sete encontram-se na Europa em formação.

A diocese conta ainda com 14 Institutos Religiosos Femininos distribuídos por 22 comunidades, num total de 85 religiosas.

A diocese de Ondjiva deu à Igreja (Conferência Episcopal de Angola e São Tomé - CEAST) três bispos: D. Fernando Guimarães Kevanu, actual bispo emérito da diocese, D. Dionísio Hisilanapo, actual bispo do Namibe e D. Pio Hipunyati, actual bispo de Ondjiva.

De referir, que a diocese de Ondijiva (capital de Cunene)  é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica em Angola, sendo sufragânea da Arquidiocese do Lubango, e foi criada em 1975 pela Bula Quoniam apprime do Papa Paulo VI, quando foi desmembrada da diocese de Nova Lisboa (actual Arquidiocese do Huambo).

24 julho 2020, 10:37