Busca

Vatican News
Papa Francisco durante a visita apostólica a Moçambique, em setembro de 2019 Papa Francisco durante a visita apostólica a Moçambique, em setembro de 2019  (ANSA)

Moçambique. Ataques armados e Covid-19 entre as preocupações da Plenária da CEM

A Conferência Episcopal de Moçambique (CEM) esteve reunida de 09 a 13 de junho corrente, em Maputo, naquela que foi a sua Primeira Assembleia Plenária do ano 2020. Os Bispos de Moçambique debateram entre vários assuntos, a situação do terrorrismo em Cabo Delgado, os ataques no centro do País e a pandemia da COVID-19.

Hermínio José – Maputo, Moçambique

Em entrevista exclusiva ao Vatican News, o porta-voz da Conferência Episcopal de Moçambique, D. João Carlos e igualmente  Bispo da Diocese de Chimoio, no centro do País, descreve-nos as linhas de força do encontro dos Bispos de Moçambique.

Reabertura dos seminários

No encontro, os Bispos debruçaram-se igualmente sobre os Seminários e a possibilidade de retoma do seu ciclo formativo, o qual foi suspenso devido ao surto da COVID-19 em Moçambique, facto que ditou o estabelecimento do Estado de Emergência no País, que já vai para o terceiro mês consecutivo.

Não perder a fé face às provações no País

Os Bispos de Moçambique terminaram o seu primeiro encontro, exortando a todo o Povo moçambicano a não desfalecer, ou perder a fé, nestes últimos tempos em que Moçambique vive a provação devido aos ataques armados e a pandemia da COVID-19 que já conta com perto de 600 casos positivos e 3 mortos declarados oficialmente pelas autoridades sanitárias do País.

De referir que os Bispos de Moçambique acabam de emitir uma Carta Pastoral, saída do encontro, à qual recomendam a sua leitura por todos. A Conferência Episcopal de Moçambique esteve reunida de 9 a 13 de junho em sua Primeira Assembleia Plenária.

Oiça aqui a reportagem e partilhe
16 junho 2020, 09:27