Busca

Vatican News
D. Claudio Dalla Zuanna, Arcebispo da Beira, Moçambique D. Claudio Dalla Zuanna, Arcebispo da Beira, Moçambique 

Moçambique. Bispo apela à solidariedade com os mais fracos em tempo do Covid-19

Em tempos de dificuldades, particularmente pela pandemia do Covid-19, não devemos ter o medo, mas sim responsabilidade e solidariedade com os mais fragilizados”, é a exortação de D. Cláudio Dalla Zuanna, Arcebispo da Beira (Centro de Moçambique), na sua mensagem por ocasião da Páscoa.

Rogério Maduca - Rádio Pax, Beira, Moçambique

Falando em conferência  de imprensa que teve lugar no Paço Episcopal da Arquidiocese da Beira, na passada quarta-feira (08/04), D. Cláudio Dalla Zuanna apresentou a sua mensagem pascal onde falou acerca das inúmeras dificuldades que o Povo de Moçambique enfrenta nas últimas décadas, entre as quais a pobreza extrema devido ao uso indevido dos recursos do País, muitas vezes causada por escolhas para governação do País nem sempre acertadas, incluindo a violência criada para defender interesses particulares.

Oiça aqui a reportagem e partilhe

Buscando a questão que se vive mundialmente, o Coronavírus, O Arcebispo alertou que não é apenas a saúde que se encontra ameaçada, mas também a economia e a coesão social serão perturbadas. E acrescentou que a única forma de fazer face a esta situação é a prevenção.

Responder à pandemia fazendo cada qual a sua parte

E porque para a actual epidemia não existem ainda medicações comprovadas cientificamente para a sua cura, Dalla Zuanna convidou a todos intervenientes a responder este momento fazendo a sua parte, desde as autoridades competentes que devem tomar medidas urgentes e necessárias, os profissionais de saúde e dos serviços essenciais que devem servir a comunidade com profissionalismo, incluindo os agentes económicos de modo a evitarem a especulação dos preços.

Responsabilidade e solidariedade com os mais débeis

Concluindo a sua mensagem Pascal, o Prelado da Beira voltou a chamar atenção a todos de modo que tenham responsabilidade acatando as indicações dadas pelas autoridades governamentais como forma de evitar o alastramento do Coronavírus. E porque esta pandemia cria sensação de medo, D. Cláudio recomendou aos fiéis a não deixarem o espaço para o medo, que o momento seja vivido seguindo o caminho que Jesus percorreu, com muita solidariedade e atenção aos mais débeis.

De referir que na Arquidiocese da Beira, as celebrações da Semana Santa decorreram a portas fechadas na Sé Catedral e foram presididas por D. Cláudio Dalla Zuanna, e nas demais paróquias desta região os párocos também presidiram às celebrações em condições semelhantes.

13 abril 2020, 10:50