Busca

Vatican News
Abertura do Ano Judicial em São Tomé e Príncipe Abertura do Ano Judicial em São Tomé e Príncipe 

São Tomé e Príncipe. Debate sobre a justiça no País marcou a abertura do Ano Judicial

A abertura do Ano Judicial em São Tomé e Príncipe foi marcada por discursos contrastantes quanto ao desempenho do sector nos anos de 2018 a 2019.

Melba de Ceita – Rádio Jubilar, São Tomé e Príncipe

A cerimónia contou com a presença de todo o elenco governamental, membros do Corpo Diplomático, membros de Organizações não governamentais, representantes das instituições pública e privadas e a sociedade civil.

Oiça aqui a reportagem e partilhe

A justiça em São Tomé e Príncipe está mal, reconheceu o Presidente da República Evaristo de Carvalho no seu discurso durante a cerimónia de abertura do Ano judicial, que decorreu recentemente na capital santomense.

No seu discurso o Presidente Evaristo de Carvalho, começou por dar razão aos maus comentários feitos contra o sector da justiça  no país, e reconheceu que a situação está mal.

O Presidente do Supremo Tribunal da Justiça, Silva Cravid, fez o balanço do ano 2019  e também reforçou  que é urgente sabermos que justiça queremos em São Tomé e Príncipe.

Em contrapartida, o Procurador Geral da República, Kelve de Carvalho, garantiu que no período de 2018 a 2019  houve aumento de novos  processos criminais instaurados que rondavam à volta de 7 mil, e já  no primeiro trimestre do ano  2020 houve a redução significativa para 4 mil.  

17 março 2020, 11:07