Busca

Vatican News
MOZAMBIQUE POPE FRANCIS AFRICA TOUR Papa Francisco em Moçambique em setembro de 2019  (ANSA)

Moçambique: Igreja felicita Papa Francisco

A um mês da celebração dos 50 anos da ordenação sacerdotal do Papa Francisco, ocorrida a 13 de Dezembro de 2019, continuam a chegar mensagens de felicitações. De Moçambique chegam reacções de apreço e admiração pelo Papa da parte de bispos e sacerdotes.

Hermínio José - Maputo

A Igreja em Moçambique felicita o Papa Francisco, por ocasião dos seus 50 anos de sacerdócio completados no dia 13 de Dezembro de 2019. Os sacerdotes rejubilam-se pelos 50 anos que o Santo Padre relegou a sua vida à Igreja.

Uma das características que marca o sacerdócio do Papa Francisco é a Divina Misericórdia, neste contexto, o Sumo Pontífice tem enfatizado que "os sacerdotes devem se envolver na vida cotidiana das comunidades, dando aos outros, a própria vida, os sacerdotes não ficam indiferentes às suas ovelhas, mas sim , comovem-se por elas".

Com efeito, o Arcebispo de Maputo, Dom Francisco Chimoio felicita o papa Francisco pelos 50 anos de sacerdócio e pede a Igreja para que reze pelo Santo Padre.

“Papa  Francisco é uma benção para toda a Igreja”. D. Lisboa

Por seu turno, o Bispo de Pemba, a norte de Moçambique pede que Deus lhe dê saúde e disponibilidade para que continue em frente da Igreja Católica no mundo. Dom Luiz Lisboa, diz que o Papa  Francisco é uma benção para toda a Igreja.

Para o padre Giorgio Ferreti, pároco da Sé Catdral, o Papa Francisco é um grande exmeplo para o mundo, ele vive o seu ministério com misericórdia.

Eram felictações ao Papa Francisco por ocasião da celebração no dia 13 de Dezembro passado, dos 50 anos de sacerdócio. Os Bispos e sacerdotes em Moçambqiue congratulam-se pelo Papa Francisco e tem-no como uma fonte de inspiração.

De referir que o Papa Francisco pediu, na sua Homilia para o Crisma, em 28 de março de 2013,  aos sacerdotes que estejam sempre perto do povo, mas ao mesmo tempo, pede aos fiéis que estejam perto dos sacerdotes.

Oiça
13 janeiro 2020, 12:52