Cerca

Vatican News
Elsa Maria Teixeira de Barros Pinto, Ministra dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de São Tomé e Príncipe Elsa Maria Teixeira de Barros Pinto, Ministra dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de São Tomé e Príncipe  (Fernando Pineza)

CPLP, “um espaço de concertação política, por excelência”

Secretário Executivo da organização lusófona recebeu Ministra dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades de São Tomé e Príncipe

Domingos Pinto – Lisboa

“A CPLP é muito mais do que uma mera instituição ou um espaço institucional. A CPLP, para São Tomé e Príncipe, é um espaço de concertação política, por excelência, é aqui que refletimos sobre os nossos interesses geopolíticos e geoestratégicos”.

Oiça aqui a reportagem e partilhe

Declarações da Ministra dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades de São Tomé e Príncipe, Elsa Maria Teixeira de Barros Pinto, no passado dia 02 de outubro na sede da Comunidade de Países de Língua Portuguesa em Lisboa, onde foi recebida pelo Secretário Executivo da organização lusófona.

Empenho de São Tomé e Príncipe na lusofonia

O embaixador Francisco Ribeiro Telles saudou a presença da Ministra dos Negócios Estrangeiros são-tomense mencionando que passaram “em revista as atividades da CPLP”, e reafirmou o “empenhamento” de São Tomé e Principie na lusofonia.

CPLP uma riqueza pela diversidade de continentes e culturas

A ministra são-tomense reafirmou neste contexto que a “CPLP é uma riqueza que outras organizações não têm, justamente, por esta diversidade que representa”, pois integra “vários países, de vários continentes e culturas, mas ao mesmo tempo partilham algo especial, uma língua em comum”.

Mobilidade na CPLP: importância do tratamento recíproco

Aos jornalistas Elsa Pinto focou ainda a questão da mobilidade, um tema que tem dominado a agenda da organização lusófona.

“Já há algum tempo a esta parte, os cidadãos oriundos da CPLP não precisam de visto para entrar em São Tomé e Príncipe. Agora o que se pensa e se precisa, é do tratamento recíproco”, disse a diplomata que reafirmou ainda importância para o seu país da sub-região da Africa Central onde São Tomé e Príncipe também está inserido.

03 outubro 2019, 16:17