Cerca

Vatican News
Padre Nicolau Evaristo Muhongo Padre Nicolau Evaristo Muhongo 

“Eucaristia não um acto mágico mas lugar de encontro com Cristo e os irmãos”

A afirmação é do Padre Nicolau Evaristo Muhongo, dos Missionários Claretianos em São Tomé e Príncipe, durante a sua homilia na celebração da solenidade da Ascenção do Senhor.

Melba de Ceita – Rádio Jubilar, São Tomé e Príncipe

O Padre Nicolau Muhongo garantiu na sua homilia que alguns Cristãos têm realizado actos profanos durante a Eucaristia com finalidade de prejudicar o próximo.

Oiça aqui a reportagem e partilhe:

Embora não tenha especificado se são ou não cristãos católicos, na verdade é que estavam dentro de uma igreja católica durante a Eucaristia, e lá cumpriram rituais encomendados por um curandeiro – enfatizou o sacerdote.

Rito encomendado por um curandeiro

Para concretização do rito houve a necessidade de levarem um conjunto de chaves que tinham como missão  “fechar a vida do proximo”,  confirmou  o Missionário Claretiano Padre Nicolau Evaristo  Muhongo.

Necessidade de inculturar os ritos

A razão pela qual  isto acontece está na inculturação, porque a Igreja, em qualquer lugar onde estiver, precisa inculturar os seus ritos, orações e liturgias dentro da cultura do próprio povo, defende  o Bispo da diocese, Dom Manuel António Mendes dos Santos.

Abandonar práticas mágicas e colocar Cristo no centro da vida

Como  orientação, o Padre Nicolau Muhongo convidou os interessados  a  pedir perdão pelo erro cometido e abandonar definitivamente essas práticas, porque a “igreja é um lugar apenas  para nos encontrarmos com Cristo, quando vens a igreja para prejudicar alguém tudo pode voltar contra ti porque Deus bendiz e nunca amaldiçoa”, sublinhou o Padre Nicolau Muhongo.

Para finalizar, o Padre Nicolau Muhongo aconselhou a cada cristão a colocar Cristo no centro da sua vida.

05 junho 2019, 11:59