Cerca

Vatican News
SAFRICA-DRCONGO-OPPOSITION-DEMO-POLITICS Símbolos da Igreja na RDC sofrem ataques  (AFP or licensors)

Símbolos da Igreja local atacados na Província de Sankuru – RDC

Na República Democrática do Congo, os Bispos, denunciam ataques contra instituições da Igreja católica em Sankuru, província da parte central do país.

Dulce Araújo - Cidade do Vaticano

Na segunda-feira 15 de Abril, quatro símbolos da Igreja local em Tshumbe foram, de forma quase simultânea, atacados. Tratou-se da Procuradoria da Lodja São Desiré, de um Convento das Irmãs São Francisco de Assis de Tshumbe, do Liceu Dikongelo e da Escola primária, Irmãs Afumba.

Os actos foram pormenorizadamente descritos num comunicado da chancelaria, cuja cópia chegou às mãos da Conferencia Episcopal do Congo no dia 18. Nele, a chancelaria mostra-se interrogativa em relação a esses ataques na Diocese de Tshumbe e pergunta-se se se não seria D. Nicolas Djomo, Bispo daquela Diocese, o alvo, pois que, tal como milhares de habitantes de Sankuru, ele mostra-se preocupado com a paz, a unidade e o desenvolvimento da província e tem-se  energicamente oposto a eleições com um único candidato a Governador naquela província. Com efeito, esses ataques aconteceram um dia depois da promulgação da ordem presidencial de adiar sine die o pleito eleitoral para a escolha de Governador para essa província, eleição para a qual Lambert Mende Omalanga, antigo porta-voz de Joseph Kabila de Deputado nacional da circunscrição eleitoral de Lodja, continue a ser o único candidato.

20 abril 2019, 16:01