Cerca

Vatican News
Ossufo Momade, Presidente da Renamo Ossufo Momade, Presidente da Renamo 

Moçambique: Ossufo Momade eleito novo presidente da Renamo

O Congresso da Renamo, o maior partido da oposição em Moçambique, reunido na Serra da Gorongosa, em Sofala, Centro do País, elegeu nesta quinta-feira (17) Ossufo Momade como novo Presidente da RENAMO, tendo vencido com larga maioria os outros quatro candidatos.

Hermínio José – Maputo, Moçambique

O VI congresso da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), nos últimos três dias, reuniu 700 delegados e 300 convidados. Ossufo Momade venceu a corrida à presidência do partido com 410 votos dos delegados que participaram no congresso.

Oiça aqui a reportagem e partilhe:

O candidato vencedor e futuro presidente da Renamo, prestou as suas primeiras palavras após a proclamação da vitória.

“Diregentes do povo devem ser eleitos pelo povo”

Ossumo Momade disse que os diregentes do povo devem ser eleitos pelo povo e o Congresso da Renamo foi mais um exemplo de democracia para Moçambique.

Em segundo lugar, com 238 votos, ficou Elias Dhlakama, irmão do líder histórico do partido, Afonso Dhlakama, que faleceu em maio de 2018. Elias Dhlakama pediu a união dentro do partido para os desafios a trilhar pela frente, olhando para as eleições gerais de outubro próximo.

Sinais de paz

Por seu turno, o Frei Dinis Mário Adriano, da Congregação de Nossa Senhora das Mercês, em Maputo, afirma que o novo presidente da Renamo mostrou sinais de que está preocupado com o processo de paz em Moçambique.

O secretário-geral da RENAMO, Manuel Bissopo, que também se candidatava à presidência do partido, conquistou sete votos e o deputado Juliano Picardo conseguiu apenas cinco. Hermínio Morais, antigo comandante da guerrilha do partido, retirou a sua candidatura e apoiou Ossufo Momade.

Missão da Renamo, ser alternativa de governação

Na abertura do congresso do partido, na Serra da Gorongosa, Momade referiu que a missão da RENAMO é continuar "a ser uma alternativa de governação". O candidato vencedor destacou ainda que é preciso fortalecer a coesão interna.

De referir que Ossufo Momade, é general na reserva e o novo presidente eleito deste que é o maior partido da oposição em Moçambique.

18 janeiro 2019, 10:34