Cerca

Vatican News
Jovens e adolescentes em Luanda, Angola Jovens e adolescentes em Luanda, Angola 

“Igreja e o mundo precisam do vosso entusiasmo”: Card. Filoni

Na segunda-feira, 12, o Cardeal teve um encontro com os jovens e membros dos diversos Movimentos Apostólicos da Província eclesiástica de Saurimo, no âmbito da sua visita pastoral a Angola e S. Tomé e Príncipe.

Cidade do Vaticano

No seu discurso o Cardeal recordou que a Igreja em Angola conta com um bom número de Movimentos Apostólicos e muitas Associações e que neles fazem parte muitos jovens católicos empenhados activamente na difusão do Evangelho e ao serviço dos irmãos necessitados, sublinhando os Movimentos Apostólicos e carismáticos são um bem incontornável para o dinamismo, crescimento e renovação da vida eclesial.

Jovens "discípulos missionários" de Igreja em saída

A propósito di Sínodo recentemente realizado, sobre o tema “os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, e articulado em três momentos (Escutar, Discernir e Acompanhar), Filoni ressaltou em particular o aspecto da Igreja em saída, tão recomendado pelo Papa Francisco, em que os jovens se caracterizam por serem “discípulos missionários”, ou seja, aqueles jovens que são conscientes da dimensão missionária do seu baptismo e afirmam “ser uma missão”; são também os jovens que se deixam  encontrar por Cristo” e saindo de si mesmos, do seu egoísmo, da sua auto-suficiência, da sua auto-referência, saem rumo a Cristo que os atrai e se deixam encontrar por Ele.

Jovens que vão às periferias geográficas e existenciais

O Card. Filoni falou também nos jovens que, com o Evangelho, vão às periferias geográficas e existenciais, se lançam numa aventura imprevisível, provocados a se confrontar, continuamente, com o novo, com o desconcertante, com o desinstalador, com o que desacomoda, por exigir sempre novas respostas, sem jamais se contentar com soluções e esquemas pré-fabricados.

Não a elementos culturais e da modernidade prejudiciais

E a terminar, o Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos referiu-se aos jovens que sabem dizer não a alguns elementos culturais e da modernidade que são prejudiciais como, por exemplo, as as divisões étnicas e tribais que prejudicam a vida das comunidades, para dar “testemunho de comunhão fraterna, que se torne fascinante e resplandecente, havendo para tal a necessidade de uma formação religiosa completa e mais adequada.

Queridos jovens, a Igreja e o mundo precisam urgentemente do vosso entusiasmo, sede companheiros de estrada dos mais frágeis, dos pobres, dos feridos pela vida”, concluiu o Purpurado.

Na terça-feira, 13, o Filoni Cardeal teve igualmente encontros com os sacerdotes e religiosas de Saurimo e uma solene celebração eucarística encerrou a visita pastoral do Purpurado a esta Província Eclesiástica do Norte de Angola.

13 novembro 2018, 18:14