Versão Beta

Cerca

Vatican News
SECAM - Simposio Conferenze Episcopali dell'Africa celebra in Uganda il Giubileo dei 50 anni. SECAM - Simpósio das Conferências Episcopais da África celebram Jubileu de Ouro em Kampala, Uganda 

SCEAM celebra Jubileu de Ouro em Kampala

Sob o lema “Igreja família de Deus em África, celebra o teu Jubileu! Proclama Jesus Cristo teu Salvador”, o Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar (SCEAM) realiza desde quinta-feira (26/07) em kampala um workshop para celebrar a abertura do jubileu dos 50 anos a ser comemorado a 29 de Julho de 2019.

Anastácio Sasembele - Kampala

“Há vários séculos, a África recebeu e anunciou o evangelho. Há 50 anos, a igreja em África teve a iniciativa histórica de constituir - se em Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar. Nesta ocasião o Papa Paulo VI veio para confirma – lá na fé”

“Com este Jubileu pretende - se dar graças ao Senhor, viver a memória do caminho percorrido, assumir o arrependimento e a conversão, bem como, o compromisso renovado em testemunhar Cristo em África, Madagáscar e nas diferentes Ilhas do continente berço da humanidade”. Arcebispo angolano, Dom Gabriel Mbilingue, presidente do SECAM.

Como a igreja vai viver o Jubileu dos 50 anos? É a grande questão que esta a ser discutida pelos participantes ao encontro que reúne bispos, sacerdotes, religiosos e leigos “que representam cada fiel seguidor de Cristo, cada comunidade cristã em África e Madagáscar que é convidado a deixar ecoar nele este apelo à missão e a empenhar – se a responder a este apelo com entusiamo”. Dom José Camnate, bispo da Guine Bissau.

O presidente do SECAM, Arcebispo Gabriel Mbilingi, e o antigo presidente da Região AMECEA (Associação das Conferencias Episcopais da África do Leste), Eminência Berhaneyesus Cardeal Souraphiel, foram convidados a plantar na abertura do seminario (26/07), uma árvore no Santuário dedicado à Santo Andrew Kaggwa (um dos mártires do Uganda).

O gesto simples liga-se a vivência clara da “Laudato Si”, uma forma de ter a fé vivida unida à criação e uma chamada de atenção à convivência pacífica com a criação.

Para este domingo (29/07) esta reservada a celebração da missa de abertura do ano jubilar de ouro, na Catedral do Sagrado Coração, em Rubanga, a ser presidida pelo Arcebispo angolano Dom Gabriel Mbilingue, presidente do SECAM.

Oiça
28 julho 2018, 13:46