Versão Beta

Cerca

Vatican News
D. Inácio Saure durante a I JNJ em Chimoio D. Inácio Saure durante a I JNJ em Chimoio 

Moçambique: "Primeira JNJ foi um sucesso": Dom Inácio Saure

A I Jornada Nacional da Juventude (JNJ) foi um sucesso, a olhar pela maior afluência dos jovens, a participação durante os debates e o nível de organização do evento.

Hermínio José - Maputo

A I Jornada Nacional da Juventude (JNJ) foi um sucesso, a olhar pela maior afluência dos jovens, a participação durante os debates e o nível de organização do evento, aquele que constitui o primeiro do género na história da Igreja Católica em Moçambique.

I JNJ uma autêntica festa cristã

Em entrevista telefónica ao Vatican News, a partir de Maputo, Dom Inácio Saure, Presidente da Comissão Episcopal para a Pastoral Juvenil, na Conferência Episcopal de Moçambique, fez um rescaldo daquilo que foi a Primeira Jornada Nacional da Juventude, que decorreu de 21 a 24 de Junho em curso, na Diocese de Chimoio.

Dom Inácio Saure afirmou que entre os momentos mais marcantes, está a Missa de envio no domingo, dia 24, a qual foi presidida pelo Núncio Apostólico em Moçambique, Dom Edgar Peña Parra.

"Os Jovens, a Fé e o Discernimento Vocacional"

Durante a I Jornada Nacional da Juventude, entre os temas principais, está o escolhido pelo Papa Francisco, que por sinal sera o mesmo para o Sinodo dos Bispos sobre os Jovens ainda este ano. "Os Jovens, a Fe e o Discernimento Vocacional".

Desafios da Juventude: formação professional e cristã

Entre os desafios que se colocam à juventude em Moçambique, vertidos na I Jornada Naccional da Juventude, estão a formação profissional e a formação cristã.

De referir que a II Jornada Nacional da Juventude vai decorrer em 2020, na Arquidiocese de Nampula, a norte de Mocambique.

D. Inácio Saure, oiça aqui a reportagem e partilhe:
26 junho 2018, 10:52