Versão Beta

Cerca

Vatican News
Mercedários: 800 anos ao serviço dos cativos Mercedários: 800 anos ao serviço dos cativos  (Copyright by MaxPixel)

Moçambique: Mercedários celebram jubileu dos 800 anos

A Ordem dos Mercedários assinala 800 anos. Em Moçambique, estão presentes desde o ano 2000, e este ano celebram o jubileu com várias actividades, com destaque para a intervenção nas penitencíarias, diz em entrevista ao Vatican News Frei Dinis Mário Adriano..

Hermínio José - Maputo

A Ordem de Nossa Senhora das Mercês assinala neste 2018, o Jubileu dos 800 anos da criação da sua fundação. Em Moçambique, os Mercedários estão presentes desde o ano 2000, ou seja, há 18 anos. Para celebrar o Jubileu, os mercedários em Moçambique estão a levar a cabo várias actividades, com destaque para a intervenção nas penitenciárias.

Recuperar o homem na sua dimensão espiritual

Em entrevista ao Vatican News em Maputo, o responsável pela Pastoral Penitenciária, Frei Dinis Mário Adriano, disse que a Ordem dos Mercedários está ao serviço dos cativos, pois a intenção primária desta fundação, é recuperar o homem na sua generalidade, sobretudo na dimensão espiritual.  

Ponto mais alto do Jubileu

Segundo o Frei Dinis Adriano, o Jubileu Mercedário, lançado em Janeiro de 2017, terá o seu ponto mais alto no dia 24 de setembro próximo, uma festa que será celebrada em todo o mundo, mormente, nos Países onde a Ordem de Nossa Senhora das Mercês se faz presente.

Frei Dinis Mário Adriano, falando em torno do Jubileu dos 800 anos da fundação da Ordem de Nossa Senhora das Mercês, esta que em Moçambique se faz representar desde o ano 2000 e que, através da sua Pastoral Penitenciária, tem desenvolvido várias actividades junta às penitenciárias moçambicanas.

Oiça aqui a reportagem e partilhe:
29 junho 2018, 09:43