Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Maria do Carmo Silveira, Segretaria Esecutiva della CPLP Maria do Carmo Silveira, Secretária Executiva da CPLP 

“Viva a Língua Portuguesa, viva a cultura na CPLP, viva a CPLP”

Votos da Secretária Executiva da organização lusófona na comemoração, em Lisboa, do 5 de Maio «Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP»

Domingos Pinto - Lisboa

A comunidade de Países de Língua Portuguesa assinalou no passado dia 3, na sua sede em Lisboa, o “Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP”.

Comemorações marcadas por diversas iniciativas centradas no lema: “A preservação do legado histórico e cultural dos Estados-Membros da CPLP”.

O dia 5 de maio foi instituído como o” Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP” em julho de 2009, durante a XIV Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP, que teve lugar na cidade da Praia.

O objetivo é mostrar a importância da língua portuguesa como um "património cultural comum" e a diversidade linguística e cultural dos Estados-membros da comunidade.

“É através destes registos que podemos conhecer e compreender como ocorreu o encontro de culturas que deu origem aos nossos países e à nossa comunidade”, sublinhou na sessão solene na capital portuguesa a Secretária Executiva da CPLP, Maria do Carmo Silveira, que deixou um apelo: “Saibamos preservar a nossa memória e valorizar o nosso passado”.

Na mesma linha, a intervenção do Embaixador Gonçalo Mourão, Representante do Brasil junto à CPLP (Presidência pro tempore da CPLP).

O diplomata disse que “o legado da Língua se preserva falando a própria Língua, conversando, cantando nessa língua, mas se conserva sobretudo pensando nessa língua”.

“Preservar é escrever a nossa memória”, sublinhou o Embaixador Gonçalo Mourão que entende que a riqueza da Língua, “mede-se pela dimensão do testemunho humano que essa língua for capaz de legar às gerações que se vão sucedendo”.

Oiça...
10 maio 2018, 17:17