Versão Beta

Cerca

VaticanNews
"A Igreja em Angola apoia as medidas de combate à corrupção ..." "A Igreja em Angola apoia as medidas de combate à corrupção ..." 

Angola: “Igreja apoia medidas de combate à corrupção”: D. José Imbamba

“A igreja angolana apoia as medidas de combate à corrupção empreendidas pelo actual executivo e chama a atenção pela necessidade de não se primar apenas para as medidas correctivas, mas essencialmente apostar na educação das pessoas”, disse D. José Imbamba em entrevista à televisão de Angola.

Anastácio Sasembele

Quando fazemos do dinheiro “o nosso Deus” a desgraça nos persegue, disse nesta terça – feira (8/5), em entrevista à televisão pública de Angola, Dom José Manuel Imbamba, arcebispo de Saurimo e Vice-presidente da Conferência Episcopal de Angola e são Tomé (CEAST).

Acento tónico no dinheiro

Questionado sobre os novos rumos que o país vai observando no que toca ao combate à corrupção, o porta-voz da CEAST disse que a insensibilidade social começou quando o angolano colocou o acento tónico no dinheiro.

 “A igreja angolana apoia as medidas de combate à corrupção empreendidas pelo actual executivo e chama a atenção pela necessidade de não se primar apenas para as medidas correctivas, mas essencialmente apostar na educação das pessoas”, referiu Dom Imbamba.

Igreja apoia crescimento do País

“A igreja é uma instituição que sabe dialogar e vai continuar a colaborar com executivo naquilo que for possível e necessário, para a construção de personalidades que ajudem o país a crescer”.

O combate à corrupção foi definido como uma das prioridades da governação do Presidente João Lourenço, que prometeu apoiar o sector da justiça, para que ele cumpra as suas obrigações.

Oiça aqui a reportagem e partilhe:

 

11 maio 2018, 09:57