Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Nova Iorque 1964-1965 A Pietà de Michelangelo no Vatican Pavilion Nova Iorque 1964-1965 A Pietà de Michelangelo no Vatican Pavilion 

A Santa Sé e Exposições Internacionais

Caminha sempre ao lado do homem, “com as portas abertas”, sem o medo de confrontar-se com o progresso e com as outras culturas. Esta convicção sempre animou a assídua participação da Santa Sé nas Exposições Internacionais desde 1851, ano da primeira célebre Expo Universal de Londres, até a próxima Bienal de Arquitetura de Veneza 2018.

Cidade do Vaticano

É um sinal da participação constante da Igreja nos eventos humanos e de seu desejo de confrontar-se sem grilhões com “outras” culturas e religiões, a presença assídua da Santa Sé nas Exposições Internacionais. Já desde 1851, ano da primeira grande Exposição Universal de Londres, montada no famoso Palácio de Cristal, o prédio-estufa feito de vidro e ferro pelo arquiteto Joseph Paxton, o Vaticano possui seu próprio pavilhão testemunhando ao mundo que quer acompanhar e apoiar também os avanços tecnológicos da Revolução Industrial.

Uma presença constante e significativa

Entre os eventos mais significativos destacamos a Exposição do Centenário realizada em Filadélfia em 1876 para comemorar o primeiro século da Independência americana: foi a primeira exposição internacional reconhecida em território norte-americano. Também é digno de nota: Chicago 1892 para o quarto centenário da descoberta da América; Paris 1931 em nome da missionariedade; Turim 1961 no centenário da Unificação da Itália; Montreal 1967 com o nascimento dos pavilhões ecumênicos.

1964, Pietà de Michelangelo voa para Nova Iorque

Memorável foi a participação na Feira Mundial de Nova Iorque em 1964, quando, sob Paulo VI, a Santa Sé participa com a Pietà de Michelangelo, assegurada por 26 milhões de dólares.

Várias exposições internacionais no Vaticano

São várias as ocasiões em que o Vaticano acolheu exposições internacionais. Recorda-se a Exposição Mundial da Imprensa Católica em 1936 ou a grande Exposição Internacional de Arte Sacra organizada por ocasião do Jubileu de 1950.

A Santa Sé e a Bienal de Veneza

Pela primeira vez em 2015, a Santa Sé participa da Exposição Internacional de Arte da Bienal de Veneza. Uma presença confirmada também na próxima edição de 2017, ambas sobre o tema tirado do Gênesis “No princípio”. Este ano será a vez da Bienal de Arquitetura onde será criado um pavilhão intitulado “Capelas do Vaticano”.

20 março 2018, 13:38