Versão Beta

Cerca

VaticanNews

Papa: rezar por uma economia de inclusão

Na intenção para o mês de abril, o Papa Francisco pede a oração dos fiéis para que os responsáveis pela gestão da economia tenham a coragem de rejeitar uma economia de exclusão e saibam abrir novos caminhos.

Cidade do Vaticano –

Por aqueles que têm responsabilidade em asuntos econômicos: esta é a intenção que Francisco propõe neste mês de abril à Rede Mundial de Oração.

Na videomensagem que acompanha a intenção, Francisco reitera o que escreveu na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, isto é, que a economia não pode pretender apenas aumentar a rentabilidade, reduzindo o mercado de trabalho e criando assim novos excluídos.

Pelo contrario, deve seguir o caminho dos empresários, políticos, pensadores e agentes sociais que colocam em primeiro lugar a pessoa humana e fazem todo o possível para assegurar que haja oportunidades de trabalho digno.

O Papa então exorta: “Vamos juntos levantar a voz para que os responsáveis pelo planejamento e pela gestão da economia tenham a coragem de rejeitar uma economia de exclusão e saibam abrir novos caminhos.

Ouça a reportagem
06 abril 2018, 11:00