Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Josianne Gauthier Josianne Gauthier 

´Laudato Si`, um “presente incrível” do Pontificado de Francisco

É assim que Josianne Gauthier, secretária-geral da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento e Solidariedade, realça à VATICAN NEWS o Pontificado do Papa a partir desta encíclica dedicada à Natureza.

Domingos Pinto - Lisboa

É assim que Josianne Gauthier, secretária-geral da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento e Solidariedade, realça à VATICAN NEWS o Pontificado do Papa a partir desta encíclica dedicada à Natureza.

Declarações no passado dia 14, em Lisboa, na sede da Fundação Fé e Cooperação (FEC), da Igreja Católica em Portugal, à margem da conferência “Repensar o Desenvolvimento”.

Licenciada em Direito pela Universidade de Montreal e advogada de profissão, Josianne Gauthier escolheu Portugal para dar início a um ciclo de visitas às 18 organizações de solidariedade católicas que integram a CIDSE em 16 países, da qual faz parte a FEC.

Para esta canadiana natural de Montreal que aprendeu «português” quando trabalhou em Fortaleza (Brasil), “o novo modelo de desenvolvimento, infelizmente, ainda representa o mal do passado, da relação de poder injusta entre os países ricos e os países pobres”.

No entanto, refere aquela responsável, “agora estamos numa transição com o papa Francisco que nos fala na ´Laudato Si´ de repensar o progresso, o que é a dignidade humana, o que é o bem-estar, e estas ideias forçam-nos a repensar o futuro”.

A secretária-geral da CIDSE pede neste contexto uma “conversão total”, ou seja, “reconhecer que o Planeta tem limites e não podemos utilizar os recursos sem pensar nas gerações seguintes, temos de mudar de vida”.

Josianne Gauthier destaca ainda o trabalho da FEC como “uma ótima” e “criativa” organização” com “uma visão tão clara do desenvolvimento, de solidariedade”.

Ouça a reportagem

 

 

21 março 2018, 17:01